fbpx

A evolução das relações comerciais

O MODELO QUE ESTÁ TRANSFORMANDO O MERCADO

A economia da recorrência é o modelo de negócios das empresas que vendem assinaturas. Não somente isso, é a economia que permite com que toda empresa venda de forma recorrente para seus clientes. Também chamada de economia recorrente ou economia da subscrição (subscription economy), a economia da recorrência ajudou a mudar a forma como as pessoas consomem produtos e serviços.Se hoje, você assiste filme em streamings (Netflix), ouve música em aplicativos (Spotify), paga estacionamento com uma tag, faz academia através de planos (Smartfit), você está usando um serviço impactado por essa economia.Softwares, música, cinema, academias, saúde, seguros, cosméticos e diversos outros setores aderiram à essa economia para venderem sempre para um mesmo cliente de uma forma sustentável e justa.A economia da recorrência é a transformação das relações comerciais entre consumidores, empresas e segmentos, baseando o consumo em acesso, não em propriedade.

O modelo de empresas milionárias

Faça parte deste movimento

Venha para comunidade das empresas que vendem sempre!

* indicates required

Perguntas Frêquentes

“As empresas de software precisam entender o modelo, ou vão morrer” – Mike Dinsdale, Docusign.

O que é economia da recorrência?

É a transformação das relações comerciais transformando o consumo em acesso a produtos e serviços.  Ela também é conhecida como modelo de assinaturas (subscription economy), uma forma de negócio que tem como base a cobrança por um determinado período de tempo. 

Mas, como ela está transformando o mercado?

Hoje, 70% do PIB brasileiro (cerca de quase 7 bilhões de reais) está no setor de serviços. Dentre estas empresas, mais de 90% vendem no modelo recorrente. Basicamente, boa parte da população financeira ativa do país consome pelo menos 5 serviços recorrentes: telefonia, educação, seguro, saúde, software, imobiliário, música, filmes e etc. 

Quais empresas utilizam este modelo de negócio?

TAG Experiências Literárias: clube de assinatura de livros;

Netflix: serviço de streaming de filmes;

Spotify: streaming de música mais conhecido do mundo;

Boeing: modelo de recorrência com turbinas para aviões (uau);

Jaguar: assinatura de carros de luxo.

Minha empresa está pronta para a economia da recorrência?

Antes de tudo, você precisa fazer uma leitura sobre o mercado em que sua empresa e produto estão inseridos. É importante que você entenda bem as particularidades da sua empresa.

Mas, basicamente, qualquer modelo de vendas que seja escalável e que tenha um grande consumo, pode ser vendido na recorrência.

Como funciona a economia da recorrência na prática?

A Vindi, uma empresa de pagamentos especializada em recorrência no país, trabalha com este modelo de cobrança de forma eficaz para os seus clientes. Eles criaram um super livro que é uma verdadeira “Bíblia sobre a Economia”, vale a pena conferir clicando aqui. 

Gire agora para ganhar descontos incríveis

  • Basta digitar o email e girar
GIRAR ROLETA